quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

Canções da minha vida (querida do momento) Adele: Million Years Ago

Olá Olá

Hoje trago-vos a minha musica mais que tudo do momento.
Já todos conhecem a Adele, o mais recente single, deixou-me completamente in love.
Sabem aquelas musicas que parece que foram escritas por nós e para nós, parece que o autor estava a olhar para nossa alma e a escrever a letra...
Já ouviram???
Que acham???



Million Years Ago


I only wanted to have fun
Learning to fly, learning to run
I let my heart decide the way
When I was young
Deep down I must have always known
That this would be inevitable
To earn my stripes I'd have to pay
And bear my soul

I know I'm not the only one
Who regrets the things they've done
Sometimes I just feel it's only me
Who can't stand the reflection that they see
I wish I could live a little more
Look up to the sky, not just the floor
I feel like my life is flashing by
And all I can do is watch and cry
I miss the air, I miss my friends
I miss my mother; I miss it when
Life was a party to be thrown
But that was a million years ago

When I walk around all of the streets
Where I grew up and found my feet
They can't look me in the eye
It's like they're scared of me
I try to think of things to say
Like a joke or a memory
But they don't recognize me now
In the light of day

I know I'm not the only one
Who regrets the things they've done
Sometimes I just feel it's only me
Who never became who they thought they'd be
I wish I could live a little more
Look up to the sky, not just the floor
I feel like my life is flashing by
And all I can do is watch and cry
I miss the air, I miss my friends
I miss my mother, I miss it when
Life was a party to be thrown
But that was a million years ago
A million years ago


Milhões De Anos Atrás


Eu só queria me divertir
Aprender a voar, aprender a correr
Eu deixei meu coração decidir o caminho
Quando eu era jovem
No fundo, eu provavelmente sempre soube
Que isso seria inevitável
Para ser melhor, eu teria que pagar
E carregar minha alma

Sei que não sou a única
Que se arrepende das coisas que faz
Às vezes sinto que sou só eu
Que não aguenta o reflexo do que vê
Queria poder viver um pouco mais
Olhar para céu, não apenas para o chão
Sinto como se minha vida estivesse passando rápido demais
E tudo que posso fazer é assistir e chorar
Sinto falta do ar, dos meus amigos
Sinto falta da minha mãe, sinto falta de quando
A vida era uma festa a ser feita
Mas isso foi a milhões de anos atrás

Quando ando por todas as ruas
Em que cresci e encontrei meus pés
Eles não podem me olhar nos olhos
É como se tivessem medo de mim
Eu tento pensar em coisas para dizer
Como uma piada ou uma memória
Mas eles não me reconhecem agora
Na luz do dia

Sei que não sou a única
Que se arrepende das coisas que faz
Às vezes sinto que sou só eu
Que não se tornou quem eles pensavam que se tornaria
Queria poder viver um pouco mais
Olhe para céu, não apenas para o chão
Sinto como se minha vida estivesse passando rápido demais
E tudo que posso fazer é assistir e chorar
Sinto falta do ar, dos meus amigos
Sinto falta da minha mãe, sinto falta de quando
A vida era uma festa a ser feita
Mas isso foi a milhões de anos atrás
Milhões de anos atrás.

(Video e letra retirada da net)